CURRICULUM VITAE

António Costa Pinheiro, 2014

António Costa Pinheiro, 2014

(Detalhe) Ela, ele, a “cosmolanguage” e as poeiras cosmicas • Óleo sobre tela • 150 x 180 cm • 2003/2004

Erinnerungen • Mischtechnik auf Papier // Memórias • Técnica mista sobre papel // Memories • Mixed media on paper • 73 x 95 cm • 1999

Memórias • Técnica mista sobre papel • 73 x 95 cm • 1995

1932

Nascido em Moura, Portugal.
Frequentou a Escola de Artes Decorativas António Arroio.

1955

Ilustrou “Poesia para a Infância”, antologia de Alice Gomes, Editora Ulisseia, Lisboa. Ilustrações para o romance de John Steinbeck “Noite sem Lua” (“The moon is down“), Editora Ulisseia, Lisboa.

1956

Primeira exposição individual na Galeria Pórtico, Lisboa.

1957

Com René Bertholo, Lourdes de Castro e Gonçalo Duarte parte para Munique. Exposições, em conjunto, na Galeria 17 e Internationales Haus, Munique; Bolseiro do Ministério da Cultura da Baviera.
Na Academia de Belas Artes de Munique foi aluno do pintor Geitlinger e estudou gravura com o Mestre Thiermann.

1958

Exposições individuais na Galeria Diário de Noticias, Lisboa e na Galeria Alvarez, Porto.

1960/62

Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian em Paris.
Membro do Grupo KWY com René Bertholo, Lourdes de Castro, Jan Voss, João Vieira, Christo, José Escada e Gonçalo Duarte.

1962/63

Durante a sua prisão política no Forte de Caxias, H. Reishaus organiza-lhe uma exposição individual no Kunstkabinett Ulrich, em Krefeld e outra, em conjunto, no Studio Kohl em Gelsenkirchen.
Regresso a  Munique.

1964

Edição de dois cadernos de gravuras – “O Pintor e os Mitos” e “Legenda Lusitana” – 30 exemplares – texto de Jürgen Claus.

1965

Exposição individual na Galeria Leonhart, Munique.

1966

Prémio Burda de Pintura na Haus der Kunst, Munique.
“Porträt Costa Pinheiro”, filme de Anka Kirchner para a televisão da Baviera.
Exposição individual “Os Reis” na Galeria Leonhart, Munique.

1967

Prémio de Pintura (Förderpreis) da Cidade de  Munique.
Exposição individual na Galeria Buchholz, Lisboa.
Décors e máscaras para o teatro-musical “Alter-Action-Antonin Artaud”, com Egisto Machi, Eberhard Schöner, Florian Furtwängler, Leonid e Tatiana Massine, na Haus der Kunst, Munique.
Prémio de Pintura B.P.A. – Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa.

1968

Exposições individuais na Galeria 111, Lisboa, e Galeria Rothe, Wolfsburg, Alemanha Federal.

1969

Menção Honrosa do Prémio da Crítica, Lisboa. Depois das suas últimas exposições individuais afastou-se da pintura e dos meios comerciais das artes.

Imaginação & Ironia 2015

Imaginação & Ironia.
Lançado em novembro de 2015. Edição em Português.

1967/75

Estudos e modelos sobre a Citymobil – Arte-Projecto.
Com o Prémio da Fundação E. Reuter (Projecto Citymobil) publicou “Imagination & Ironie”, Editor Starczewski, Höhr-Grenzhausen,1970, Alemanha Federal.
Participou em concursos internacionais da “Umweltgestaltung”.
É indicado por Harald Szeemann e Bazon Brock (e a integrar no Sector “Westlicher Realismus – Formalisierte Sprache”) a participar na Documenta V de Kassel – dificuldades que existiam à volta do seu projecto levam-no a não participar. Publicou textos, participou em trabalhos de equipa (Jürgen Claus, H.A. Schult, Herzog), cortejos do Carnaval de Munique, Projecto do “Le Livre-Fou-Faux”, teoria, ficção, crítica, imagem gráfica, fotografia, projectos, etc…

1976

Recomeçou a pintar.

1980

Prémio de Gravura da “Intergrafik 80”, Berlim, R.D.A.
Prémio de Gravura da II Bienal de Arte de Vila Nova de Cerveira.

1981

Exposições individuais “Der Dichter Fernando Pessoa”, Galerie Christoph Dürr, Munique; “O Poeta Fernando Pessoa”, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa e Cooperativa Árvore, Porto.

1982

Ilustrações para “A Vida das Ilhas” de António Júlio Vilarinho, Edição & ETC, Lisboa.
Prémio Nacional de Pintura AICA/SEC, Lisboa.

1985

“Le Poéte Fernando Pessoa”, Centro Cultural Português, Fundação Calouste Gulbenkian, Paris.

1987

Exposição individual“ O Modelo e o Pintor – Paisagens do Pintor – Paisagens do Atelier”, Galeria 111, Jan./Fev., Lisboa.

1988

“Le Peintre du Mois”, Centro Cultural Português, Paris.

1989

Ilustra a “Cartilha do Marialva” de José Cardoso Pires, com uma série de guaches, Publicações D. Quixote, Lisboa.
Exposição individual “La Fenêtre de ma Tête”, Galeria de Exposições Temporárias da Fundação Calouste Gulbenkian e “Os Reis” (Retrospectiva), Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

1990

Exposição individual “Os Reis: Costa Pinheiro 1964-66”, Casa de Serralves, Porto.

1992

Exposição individual “O Poeta Fernando Pessoa – Aspectos de uma Retrospectiva – I Parte”, Galeria Kunst + Kommunikation, Munique.

1993

Exposição individual “La Fenêtre de ma Tête – Aspectos de uma Retrospectiva – II Parte”, Galeria Kunst + Kommunikation, Munique.

1994

Exposição individual “Ladainha para um Rei“, Azulejos, Galeria Ratton, Lissabon.

1995

Exposição individual “Os Reis – Tapeçarias”, Galeria Tapeçarias de Portalegre, Lisboa.

1996

Exposição individual “Os Reis – Tapeçarias”, Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa.

1996/97

Exposição  individual “Project-Art, Cosmolanguage – Aspectos de uma Retrospectiva – III Parte”, Galeria Kunst + Kommunikation, Munique.

1999

Exposição individual “Entre Reis, Poetas e Navegadores”, Palácio Landestrost, Neustadt, Alemanha..

2001

Exposição individual “Álbum do Mar”, Galeria da Restauração, Museu da Cidade, Olhão.
Recebe o Grande Prémio Amadeo de Souza-Cardoso.
Exposição individual “Navegadores”, Galeria Fernando Santos, Porto.
Exposição individual “Navegadores” e “Álbum do Mar”, Museu da Cidade, Lisboa.

2003

Exposição individual “António Costa Pinheiro. Os Navegadores”, Centro Cultural de Lagos, Lagos.

2004

Exposição individual “Navegadores”, Palácio da Galeria, Câmara Municipal de Tavira, Tavira.

2005

Exposição individual “Elas e Eles”, Chiado 8 Arte Contemporânea, Lisboa, e Galeria Fernando Santos, Porto.

2006

Exposição antológica “Imagens de uma obra”, Centro Cultural de Cascais, Cascais.
Exposição individual “Costa Pinheiro. Grande Escolha. Trabalhos sobre papel.” João Esteves de Oliveira, Galeria Arte Moderna e Contemporânea, Lisboa.

2007

Exposição individual “Costa Pinheiro. Aspectos de uma Retrospectiva. Obra Gráfica 1953-2007”, Casa da Cerca, Centro de Arte Contemporânea, Câmara Municipal de Almada, Almada.
Exposição individual “Navegadores–Aspectos de uma Retrospectiva – IV Parte”, Galeria Kunst + Kommunikation, Munique.
Exposição individual “Elas e Eles”, organicação AMI e Galeria Fernando Santos, Centro Cultural de Bragança, Bragança.

2008

Ilustrações para “Príncipes de Portugal. Suas Grandezas e Misérias” de Aquilino Ribeiro. Lisboa: Portugália Editora.

2009/2013

UAlg. Universidade de Faro, Artes Visuais. Professor h.c.

2009

Exposição individual “Costa  Pinheiro”, Galeria dos Paços de Concelho, Tomar.

2015

“António Costa Pinheiro / Antonio Tabucchi, Le voyageur immobile – Il viaggiatore statico”, Petite Galerie, Librairie Italienne, Tour de Babel, Paris.
Exposição individual “Costa Pinheiro. O Pintor Ele-Mesmo. 1955-1985”, Galeria São Roque, Lisboa.
António Costa Pinheiro. Imaginação & Ironia. Facs. António Costa Pinheiro. Imagination & Ironie. 1970. Posfácio de Bernardo Pinto de Almeida. São Roque/Documenta, Lisboa.
Exposição individual “Costa Pinheiro, 1955-1985”, Galeria Trem Faro.

Faleceu em Munique.